domingo, outubro 30, 2005

Hino à AMIZADE.

Diz-se que a Amizade é dos sentimentos mais nobres
Também sabemos que é para os bons e maus momentos
Mas, na VERDADE...
São cada vez menos aqueles que nos acompanham nas dificuldades;
Nos momentos de solidão ou quando a vida nos atraiçoa
Esquecem-se depressa do bem que lhe fizemos,das portas que lhe ajudámos a abrir,das aventuras e situações que partilhamos. E ainda por cima MENTEM.
Ainda bem que os meus poucos BONS amigos não se comportam desta maneira.
Os meus AMIGOS de verdade, não dizem só o que eu gosto de ouvir,
gritam e chamam-me à razão quando eu estou mais distraída, quando comento erros e ultrapasso a fronteira do razoável.
Os meus AMIGOS
Fazem-me rir e chorar, estão SEMPRE no meu coração.
Bom Fim de Semana.

terça-feira, outubro 25, 2005

Rir é o melhor remédio

A gripe das aves está no topo da actualidade.
Para descontraír,deixo-vos alguns dos bons momentos do último "O inevitável" do Expresso.
Medidas para combater a gripe das aves:
-Rádios retirem da playlist o velho êxito de Max,pomba branca pomba branca.
-Correia de Campos manda criar cordão sanitário em Vila das Aves e Pombal.
-Portugália deixa de servir faisão nas viagens Lisboa-Porto.
-História de Fernão Capelo Gaivota vai ser censurada.
-Rio Ave proíbido de jogar fora de casa.
-Força aérea em prevenção decreta alerta laranja.

Agora os AVISOS:
-Se vir uma galinha a tossir não pense que é do tabaco
-Sempre que comprar bifes de perú,pergunte se o animal fungava na hora do abate
-Não deixe o seu filho contactar com livros do Pato Donald
-Por morrer uma andorinha,não acaba a gripe das aves.

RIR É O MELHOR REMÉDIO.....LOL

segunda-feira, outubro 24, 2005

Upi Upi...

Olá a todos.
depois de um fim de semana de cão e cheio de chuva aqui estou para dar as boas vindas ao sol e a mais uma semana de trabalho...
como estou hiper bem disposta,nem vou escrever mais nada.
BOA SEMANA para todos........
Upi upi,Viva a ALEGRIA.

sexta-feira, outubro 21, 2005

Informação Espectáculo

Acompanhei ontém com toda a atenção a apresentação da candidatura presidencial do Professor Cavaco Silva. Antes da hora liguei as televisões e fiquei na SIC Noticias que já estava a fazer uma avaliação politica da candidatura.Até aí tudo normal.O pior veio depois.Então não é que os repórteres de Carnaxide resolveram ir esperar o candidato a casa e acompanharam o Professor até ao CCB ! Mais parecia que o homem já tinha ganho as eleições...juro que não é má vontade.Eu até gosto de Cavaco Silva,mas será que para ganhar audiencias é preciso protagonizar um espectáculo tão degradante?
Cansada da triste figura,mudei de canal...Mais tarde voltei á SIC generalista e lá estavam outra vez os repórteres a travar caminho ao Professor."Como se sente?Está feliz?Para onde vai agora?"POR FAVOR informem e não perturbem.

quarta-feira, outubro 19, 2005

Palavra de politico

Estava eu a limpar arquivos e declarações ultrapassadas quando descobri imagens sonoras de politicos e directores gerais,autarcas e outros protagonistas que me fazem ficar ainda mais descrente quanto ao rumo do "meu"país.
Do conjunto de projectos,estudos e promessas adiadas,escolhi a questão da salvaguarda da floresta como tema para a pesquisa de palavras e mais frases feitas.
A floresta deveria ser um assunto caro a qualquer individuo com responsabilidades neste rectângulo.Mas a avaliar pelas declarações que reencontrei,concluo que a floresta é para os gestores e fazedores de politicas de Portugal mera retorica.Senão vejamos:
De 2003 até hoje,encontrei no meu arquivo de edição de noticias as mesmas intenções de ordenar a floresta,limpar o território,multar os proprietarios,criar mais equipas de sapadores florestais,blá blá blá....Só a titulo de exemplo saibam que no próximo ano o apoio á criação de equipas de sapadores florestais tem inscrita em PIDDAC uma verba de 40 mil euros para o territorio do distrito de Castelo Branco.Com 8 mil contos,quantas brigadas de sapadores vai ser possivel manter?
Mas não se preocupem,porque no próximo Verão,quando a floresta voltar a ficar reduzida a cinzas,não faltarão novas promessas e estudos para prevenir o fogo.

terça-feira, outubro 18, 2005

Para que serve um deputado da nação?

A pergunta anda na boca de todos. As dúvidas parecem ter razão de ser. EU EXPLICO.
No dia em que se ficou a saber o essencial sobre o OE (orçamento de estado), fui à procura dos investimentos da administração central para o "meu" distrito. Não sendo uma especialista em números, e muito menos em informática, lá descobri os documentos. Analisei ponto por ponto para concluir que as prioridades do PS enquanto governo são bastante diferentes das exigências feitas enquanto oposição. Fui então à procura de explicações e leituras políticas da coisa.
Mas PASME-SE:
Os senhores deputados do "meu" distrito ainda não tinham visto o documento. Depois de alguma insistência e esclarecimentos dados pelo jornalista, eis que os eleitos pelo povo, lá se resolveram a dizer duas palavras. O eleito PS, bateu palmas e congratulou-se pelas obras inscritas em PIDDAC (o tal plano de investimentos da administração central), esquecendo que a região que o elegeu vai continuar à espera de obras que até já foram bandeira de outros tempos. O deputado do PSD, nem por estar na oposição, acrescentou muito mais... criticou, criticou e não deu um exemplo de obra que vá propor para o PIDDAC de 2006.
Perante isto, eu pergunto: O que fazem os deputados eleitos na Assembleia da República?

Valerá a pena continuar a eleger representantes, para a AR, que se estão nas tintas para os problemas das populações que neles votaram?

Falavam da Maria Elisa Domingues, mas afinal, os erros de casting continuam!...

segunda-feira, outubro 17, 2005

Tanta Chuva

Ainda mal começou a cair e já estou cansada dela.
Faz muito bem... É cá precisa... Os agricultores agradecem, mas eu estou farta dela.
A chuva torna os dias mais cinzentos, esconde o sol e raras vezes deixa ver as cores do arco-íris. É má companhia para quem gosta de ver as paisagens, passear e sentir-se liberta de objectos.
A chuva também não é desejável para quem, como eu, perde todos os guarda-chuva.
Porque os meus últimos dias têm sido tristes, quero o sol de volta.
E se tiver mesmo de chover, então que seja durante a noite... Ao menos assim posso ouvir o ping ping, embalar-me na melodia e pensar que o nascer de um novo dia vai trazer de volta o meu sorriso... para o sol... para quem ainda tiver paciência para me ouvir.
Xiiiii isto hoje está mau.

sexta-feira, outubro 14, 2005

Queridos Anos 80.

A música é das melhores companhias
Ajuda a reavivar memórias
Faz-nos sorrir,chorar,dançar...
Levo-a para todo o lado.
Hoje, enquanto falava com "Xana" sobre as canções do momento, lembrei-me de como a música está intimamente ligada
á minha forma de estar,gostar,viver.
A pensar nisso, lembrei-me de partilhar convosco o nome de algumas das bandas que marcaram a minha meninice.
Nos ídos anos 80, a telefonia era mais personalizada e passava mais música nacional...Tenho saudades desse tempo... Delirava com um qualquer tema dos Jáfumega, Salada de Frutas, Heróis do Mar ou Roquivários. Num outro campo havia a Banda do Casaco e a "minha" querida Né Ladeiras.Depois comecei a gostar de Trovante e do sempre admirável Luís Represas. Mais tarde, alguém me ensinou a ouvir o muito que já havia sido editado de Sérgio Godinho e de Fausto que ainda hoje são uma referência para mim.
Agora que é fim-de-semana, vou aproveitar para procurar algumas dessas canções. Já estou a imaginar quantas memórias vou lembrar, nestes dias de Outono e de algum frio.
Decididamente, a música está-me no sangue.

terça-feira, outubro 11, 2005

"O País que maltrata as crianças".

Está a começar o julgamento dos alegados homicidas da pequena Joana.
Pelo menos desta vez, a justiça é menos lenta que o habitual...
Desta vez não deverá prescrever o prazo para que os culpados sejam punidos... Na verdade, os arguidos até são simples cidadãos, anónimos...!
Seja como for,o certo é que por estes dias vamos tentar entender o que leva a família de uma criança a assassiná-la barbaramente.
Este é um caso de homicídio qualificado, mas Portugal é campeão da mortalidade infantil.
Um relatório da UNICEF, divulgado pela Visão, atribui a Portugal a maior taxa(3,7%) de mortalidade por abusos físicos e negligência em cada 100 mil crianças, entre 27 países da OCDE.
Os números dão que pensar e fazem-nos ser mais exigentes para com as comissões de protecção de crianças e jovens.


Assim vai um país onde a violência está debaixo do "nosso" tecto.
DÁ QUE PENSAR...

segunda-feira, outubro 10, 2005

Livra...

E pronto
Finalmente podemos voltar á vida sem o sobressalto das promessas eleitorais
Sobra o tempo para as outras noticias.
As de interesse geral.
Sim, porque o exercício da politica esta cada vez pior.
Somos o país do vale tudo...
E o povo cego
Ainda vai em conversas!
E como eles gostam...
Que o digam
A Fátima
O Valentim
O Isaltino....
Voltaram...Venceram
Assim vai a democracia

sábado, outubro 08, 2005

Cuidados Paliativos

Finalmente alguém se lembrou de instituir um dia para reflectirmos sobre os cuidados paliativos de saúde.Só quem não passou ainda pelo desgosto de ver um familiar ,amigo ou conhecido entre a vida e a morte é que não pode avaliar da importancia de haver um dia como este.
8 de Outubro.
Uma jornada para pedirmos ao estado,mais investimento nas unidades de saúde onde se faz acompanhamento na fase terminal dos doentes oncológicos e outros.
Por defeito de profissão costumo seguir a velha máxima de que as más noticias devem ter sempre maior relêvo que as boas mas...
Neste caso,o Dia Mundial dos Cuidados Paliativos de Saúde,leva-me a ganhar consciencia...
De tal modo que achei oportuno partilhar convosco esta boa noticia.

quinta-feira, outubro 06, 2005

Porque Será?

Qual a fronteira entre a Amizade e o amor?
Tenho feito esta questão a inumeras pessoas,tenho lido sobre o assunto mas não chego a uma conclusão.
Não sei se algum(a) de vocês já viveu a experiência
Preciso de uma luz
Não é que esta Amizade especial não seja maravilhosa....
Direi que é muito saudável
Mas, e se tiver de tomar um rumo?
Alguém me diz,qual é o caminho?

quarta-feira, outubro 05, 2005

Pinhal Interior

Em dia de folga,quanto a campanhas e politicos de paróquia,dediquei esta jornada ao passeio.Destino:O Santuário do Pinhal no concelho do Fundão.Apesar da mão criminosa que tanta floresta destruiu neste Verão,ainda é um gosto caminhar neste paraíso e poder saborear o melhor da gastronomia.Quanto davam para provar um bom maranho, numa qualquer casa de pasto deste cantinho do céu...QUE PAIXÃO!E daqui a nada volto á rotina...ossos de ofício.Fiquem bem.

segunda-feira, outubro 03, 2005

Á Espera...

Olá a todos.
Finalmente um cantinho para poder partilhar convosco o melhor e o pior dos meus dias andados.Não procuro apenas as paixões de uma vida.Por aqui poderemos escrever sobre tudo o que nos vai na alma...Hoje podemos começar pela minha paixão futebolistica.O SPORTING.Raios partam aquele treinador e aquela SAD.Alguém me explica porque razão o mister Peseiro ainda comanda em Alvalada?

Dulcineia

Quem tu és não importa, nem conheces
O sonho em que nasceu a tua face:
Cristal vazio e mudo.
Do sangue de Quixote te alimentas,
Da alma que nele morre é que recebes
A força de seres tudo.


José Saramago

domingo, outubro 02, 2005

O grande D. Quixote

"O grande D. Quixote de La Mancha, fidalgo arruinado, cavaleiro do leão e da triste figura, vai novamente partir para defender os pobres e oprimidos, a honra dos cavaleiros andantes e para se encontrar com a sua dama amada, Dulcineia del Toboso, esquelético e cansado, cavalga o seu escanzelado “corcel” Rocinante, acompanhado pelo seu fiel e interesseiro escudeiro, o gordo Sancho Pança que se deixa penosamente e sempre faminto em cima de um desgraçado burro chamado Russo.
Sancho aceita partilhar estas loucas jornadas porque o senhor seu amo D. Quixote lhe prometeu que o faria Governador de uma ilha. O caminho da honra e do bem está, porém pejado de escolhas bem difíceis de vencer e todas as armas são boas para o inimigo de D. Quixote.
Encantamentos e sacrilégios são por eles usados contra os seus desígnios e desejos, levando de tabela Sancho Pança nas embrulhadas em que o Mestre se mete.
E a luta é tenaz: exércitos disfarçados de rebanhos ou moinhos de vento, diabos transformados em actores de teatro ou para cumulo de Sancho Pança passando pela amada Dulcineia aos olhos e na mente doente de D. Quixote. A demanda da justiça e do amor não são fáceis nos dias que correm. Encontrará D. Quixote a sua Dulcineia? Será Sancho Governador de uma ilha e sua mulher e filha, chamadas de Mulher e Filha do Senhor Governador?"

sábado, outubro 01, 2005

Dulcineia sem Quixote...

Sou a Dulcineia.

Venho de terras do Interior.
Neste castelo vou espreitar para o Mundo.
Dar-me a conhecer...

Quem sabe encontro um D. Quixote perdido...