sexta-feira, julho 28, 2006

Penha Garcia/Geoparque


Penha Garcia a par de Monsanto ou Portas de Ródão no distrito de Castelo Branco são 3 dos 16 sítios naturais que integram o primeiro geoparque português,aprovado esta semana no Reino Unido.A unanimidade marcou o sentido de voto dos especialistas europeus que viram no projecto da Beira Interior Sul e do Alto Alentejo(Nisa também integra o projecto),qualidade e património geológico específico,capaz de desenvolver turisticamente este território.Ao todo são 6 os municipios que dentro de alguns anos vão poder beneficiar de uma estratégia turística agora aprovada pela UNESCO e dentro em breve inserida na Rede Europeia de Geoparques.
Para quem conhece estes santuários do património,fica o desafio para trazerem novos visitantes....A descoberta desta região é sempre uma renovada aventura.

quinta-feira, julho 20, 2006

As cores do vento # 2

Quando as mãos nos surpreendem!
Bonito trabalho o destas crianças.

As cores do vento...

....Quando as mãos das crianças transformam o velho plástico em objectos coloridos que emitem sons...variados sons... que se fazem ouvir com o soprar do vento.
E assim foi mais um Encontro do Vento...Em Castelo Novo.

segunda-feira, julho 03, 2006

Baú...de sonhos... e memórias

Encontrei-o no fundo de um velho armário da avó Gabriela...estava fechado a sete chaves,à espera que só eu o pudesse reabrir.
Passaram tantos anos...Muito do que ali está já nada significa para mim!
Os dias andados apagaram muitas das velhas memórias de adolescente...ainda bem que assim acontece.Mas........
Na verdade este baú não tem apenas más recordações...também tem dias e noites de boa memória...aqueles que só outra vida ,além terra,pode apagar.Mas essas não precisei de abrir o armário para me lembrar delas...as pessoas,as canções, momentos e paisagens...as cartas e postais do tempo em que não havia internet e em que o carteiro nem sempre passava pela Gardunha e pela minha Aldeia.Foi há muitos anos,mais de 10....talvez 20 e tais.Mas o passar dos dias não apagou muitos desses momentos.Era um tempo em que a distância entre pessoas se minimizava com as palavras escritas numa qualquer folha de papel.Às vezes até um velho guardanapo,um pedaço de papel pardo...uma vez escrevi a uma amiga no papel higiénico... Hoje, perdi essa mania,porque já não escrevo.Minto!Vou deixando umas palavras a uma pessoa especial....Vai ser Xana a próxima boa memória do meu baú.
Daqui a muitos anos...espero...vou rever o meu lugar secreto de memórias e sonhos e lá estarás....Xana.Nessa altura o baú vai estar no meu novo porto de abrigo.É para lá que vou não tarda nada.