sexta-feira, agosto 18, 2006

De férias....

AQUI...Fiquem bem!

Prevenção/Reflorestação,a Gardunha agradece!


O Governo de Portugal aprovou esta semana a Estratégia Nacional para a Floresta,é um plano a 30 anos que se propõe contribuír para deminuir o risco de incêndio e assegurar a competitividade do sector.Para o Governo ,o rumo da Floresta passa por uma especialização do território e pela certificação das matas a partir de planos de ordenamento que vão dividir o território em cinco áreas.O documento é um conjunto de intenções que se espera venham a ser cumpridas.Na região da Gardunha são esperadas há muitos anos.Veja-se o caso da reflorestação dos 3.000 hectares ardidos entre Castelo Novo e Alcongosta em 2002 e para os quais houve dezenas de promessas quanto à sua reflorestação.Ora era o levantamento das consequencias do fogo,ora era a limpeza do material lenhoso,outra vez era o estudo das espécies arbóreas a plantar,depois do plano de reflorestação foi o calvário burocrático dos concursos e adjudicação;passados 2/3 anos a Gardunha voltou a arder e no ano passado o processo de reflorestação voltou à estaca zero.Este Verão a Gardunha continua pobre de Floresta e desejosa que finalmente alguém de direito a reordene e avance com a reflorestação.Será que vamos ter de esperar que o cenário volte a ser palco de chamas ?Ou esperaremos até daqui a 30 anos para ver implementada a Estratégia Nacional da Floresta?

segunda-feira, agosto 14, 2006

Prevenção...Precisa-se


"Entre o verde e a cinza,você decide!"Este é o slogan para prevenir os fogos...Aqui na Beira Interior ninguém decide ou talvez sim...O destino e a destruição a que foi votada a floresta em 2003 e 2005 evitaram este Verão o pior...Isso mesmo...Não tem havido muitos fogos porque sobra muito pouco da devastação do fogo de outros anos.As áreas de floresta que sobreviveram ao inferno das chamas não são muitas e quando atacadas pelos incêndios ,felizmente tem havido meios para apagar o fogo quase à nascença.O mundo rural e a floresta não estão mais povoados,antes pelo contrário.A prevenção também não se vê....Há um trabalho seguro das equipas de sapadores mas pouco mais...A prevenção faz-se todo o ano dizem..mas então expliquem-me porque razão é que o Secretario de Estado das Florestas escolheu o periodo mais perigoso de incêndio,para vir ao Distrito de Castelo Branco homologar protocolos para equipar os sapadores florestais e suas associações????Um exemplo que vai de encontro ao desabafo deixado pelo ministro António Costa quando finalmente veio a terreiro dizer que a prevenção não produziu efeitos capazes de evitar o número de ignições(confesso que não gosto do termo)que diáriamente acontecem no país.679 ignições num só dia...é muito alerta de fogo para um território de floresta desordenada,pouco limpa e muito combustível à mão de um qualquer criminoso ou da negligência humana.

quinta-feira, agosto 03, 2006

Por este rio acima

O rio Zêzere em Janeiro de Cima ganha por estes dias novos admiradores.Serão os participantes na semana cultural das terras do xisto que começa esta 6ªf dia 5 de Agosto e termina a 12 com um espectáculo sobre as viagens com final feliz no Zêzere.Por uma noite a praia fluvial de Janeiro de Cima vai ser palco da recriação de uma viagem entre duas margens.Sem sentidos únicos.
O abecedáRIO reunirá vários agentes do teatro e da música,sem esquecer a concertina de Artur Fernandes e a percussão do Bitocas.Eles mesmo.Há uns anos fizeram do espectáculo A Linhar um dos marcos da semana cultural das terras do xisto,evento que é já uma referência.
O programa deste ano vai contar com a prestação de agentes culturais da Lousã e estende-se também ao concelho da Pampilhosa da Serra.É o santuário do Pinhal a ganhar redobrados motivos de interesse...
Podem espreitar o programa em www.cm-fundao.pt